Sobre as manifestações no Brasil: seleção de textos que ajudam a pensar.

Manifestação no Rio de Janeiro – 17.06.2013

Selecionei alguns textos mais ou menos longos, mais ou menos acadêmicos, mais ou menos jornalísticos, mais ou menos colados nas recentes manifestações que sacodem as ruas do Brasil. O momento exige reflexividade para que possamos colocar ordem nas ideias. Penso que essas e outras leituras podem nos ajudar a desacelerar o coração, tomar fôlego, e ampliar nossa reflexividade sobre a história e a conjuntura para que possamos estar nas ruas com mais consciência sobre como aqui chegamos, onde estamos e para onde podemos caminhar coletivamente. A seleção não é exaustiva e é arbitrária – foi feita por um ser que tem história e seleciona segundo suas próprias crenças políticas –, mas pode e deve ser acrescida de forma colaborativa por outros seres políticos, ok?. Encontrou um texto que pode ajudar na compreensão deste nosso momento histórico de mobilizações nas ruas do Brasil? Beleza! Então, sugira o link para seguirmos juntos e com mais diversidade na seleção de opções de leitura.

LEITURAS DE FÔLEGO MÉDIO

 

  • Teoria e método na análise de conjuntura. Sebastião C. Velasco e Cruz

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302000000300008&lng=es&nrm=iso&tlng=es

LEITURAS RÁPIDAS

http://www.correiocidadania.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=6655:leolince231211&catid=13:leo-lince&Itemid=87

  • Um ano de Dilma: surpresas e desafios. Análise de Cândido Grzybowski  (05-01-2012)

http://www.ibase.br/pt/2012/01/um-ano-de-dilma-surpresas-e-desafios/

·       Para Leonardo Avritzer, o brasileiro está abandonando a sua histórica tolerância com a corrupção

http://www.imil.org.br/divulgacao/para-leonardo-avritzer-brasileiro-est-abandonando-sua-histrica-tolerncia-corrupo/

·       O que eu sei e o que não sei sobre as manifestações pelo passe livre. Luiz Eduardo Soares.

http://www.luizeduardosoares.com/?p=1098

·       Não basta apenas criticar na internet, diz sociólogo Manuel Castells

http://noticias.terra.com.br/mundo/nao-basta-apenas-criticar-na-internet-diz-sociologo-manuel-castells,ebf104ce0f03f310VgnVCM20000099cceb0aRCRD.html

·       O preço do progresso. Boa Ventura de Souza Santos

http://www.cartamaior.com.br/templates/colunaMostrar.cfm?coluna_id=6151

·       Chomsky: “Estou com os manifestantes do Brasil”

http://www.canalibase.org.br/chomsky-estou-com-os-manifestantes-do-brasil/

  • Quando a manifestação toma partido. Entrevista com José Correa Leite

http://www.canalibase.org.br/quando-a-manifestacao-toma-partido/

·       O “Vem para a rua” é sem lenço e sem documento. Sergio Abranches

http://www.ecopolitica.com.br/2013/06/19/vem-para-a-rua-sem-lenco-e-sem-documento/

  • A multidão nas ruas: construir a saída de esquerda para a crise política, antes que a reação imprima sua direção. Marcelo Badaró (Prof. História UFF)

https://www.facebook.com/groups/520822181286416/permalink/535570443144923/

Pesquisadores apontam causas das manifestações

http://www.correio24horas.com.br/noticias/detalhes/detalhes-1/artigo/pesquisadores-apontam-causas-das-manifestacoes/

Túlio Muniz: Uma rebelião juvenil forjada nas universidades

http://www.viomundo.com.br/politica/tulio-muniz-uma-rebeliao-juvenil-forjada-nas-universidades.html

·       A revolta do senso comum. Por Luciano Martins Costa

http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/a_revolta_do_senso_comum

  • Virulência. José Miguel Wisnik

https://www.dropbox.com/s/q39hrg8uswr0sk1/Virul%C3%AAncia_Jos%C3%A9%20Wisnik.pdf

LEITURA DE FÔLEGO LONGO (Nem tudo está na internet. Ou está?)

  • MARX, K. O Dezoito Brumário e Cartas a Kugelmas. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1969.
  • ANDERSON, Perry. As Antinomias de Gramsci. São Paulo: Editora Joruês, 1986.
  • HOBSBAWM, Eric. Como mudar o mundo: Marx e o marxismo – 1840-2011. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.
About these ads

6 Respostas

  1. Oi, Bia! Que sintonia, heim? Havia acabado de acrescentar o texto da Raquel Rolnik quando vi seu comentário com a mesma sugestão. Além da crise de representação política é na tentativa de compreender este monstro da cidade desigual e privatizada que poderemos encontrar algumas respostas. Pensando em Lefebvre e no seu “Direito à cidade” podemos ver que o mundo da reprodução da vida social pode fabricar conflitos bastante radicais e reanimar nossa imaginação coletiva e transformadora. Tudo é ainda muito incerto, contudo, e o jogo está sendo jogado. Sigamos conversando!

    • sim! sintonia total! ando com os nervos à flor da pele.como diz o wisnik, “a mente que vibra, vibra as fibras da cidade que vibra novamente,” …seguimos vibrando, formando um belo coro.
      bj saudoso.

  2. Muito boa seleção para se fazer mergulhinho e mergulhão.

  3. Outros textos longos e bons para se ler são: Psicologia e a análise do Eu, de Freud. E Psicologia das Multidões de GustavoLeBon. Ambos são fáceis de serem achados pela internet, e boas referências para analisar o movimento, principalmente parte do movimento que se nega a agir passivamente.

  4. Olá professor…muito bom conhecer seu blog. Estava mesmo querendo entender um pouco melhor toda essa problemática brasileira a partir de uma perspectiva mais sociológica. Vou mergulhar nessas leituras. Valeu….abraço Adriana Acre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 406 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: