Análises sobre as jornadas de junho no Brasil e seus desdobramentos

ImagemNo mês de junho de 2013 o Brasil tremeu. A expressão “Jornadas de Junho” se consolida para tentar circunscrever os acontecimentos. As ruas foram tomadas por manifestações cujo epicentro esteve relacionado de forma imediata com a redução das tarifas dos transportes e, numa perspectiva mais ampla, com a emergência de se repensar nossos modelos de cidade e mobilidade. O que se viu depois foram inúmeras manifestações, de maior ou menor escala, em grandes, médias e pequenas cidades, constitutivas de um mosaico de demandas, desejos, insatisfações e indignações com o “estado de coisas” que assola o país no campo da gestão da coisa pública e da política; fenômenos de massa e ações coletivas, ainda, difíceis de totalizar. Muitas e desiguais análises tem sido produzidas e o avalanche de informações pode nos intoxicar e confundir. É sempre bom colocar ordem as ideias e opinar de maneira bem informada. Tenho procurado garimpar o que me parece mais significativo – e com o qual não necessariamente concordo – e publicar aqui neste Blog. Assim o fiz no calor da hora das jornadas de junho (acesse o post) e renovo agora o “estoque” com as análises que seguem. Espero seguir encontrando coisa boa para socializar por aqui. Boas leituras!

Paulo Carrano

****

Direitos

Não sou um partidário das depredações, nem quero cobri-las de um véu de inocência – José Miguel Wisnik – O Globo/Segundo Caderno. 21.09.2013 

****

‘Black blocs’ agem com inspiração fascista, diz filósofa a PMs do Rio –

Para Marilena Chaui, grupo de manifestantes ataca indivíduos e não tem caráter revolucionário – Folha de S.Paulo/Agosto 2013.

***

O que pensam os jovens que ocupam as ruas? – Representantes dos movimentos que tomaram as ruas debateram no Espaço CULT o significado das manifestações

****

Los días que conmovieron a Brasil. Las rebeliones de junio-julio de 2013 – Ricardo Antunes

****

O impacto das manifestações de junho na política nacional. As manifestações não foram obra do “povo” ou da “juventude”, e nem esse processo político pode ser caracterizado com uma referência genérica ao “governo” e à “oposição” Brasil de Fato – 02/08/2013

Armando Boito Jr.

****

O que foram as manifestações de junho e o que é insustentável afirmar sobre elas – 23/07/2013 

A grande questão que se coloca hoje na ressaca das grandes manifestações de junho é entender o seu significado, que é objeto de disputas e contestações no país neste momento.

 Por Leonardo Avritzer – http://democraciaejustica.org/cienciapolitica3/node/1114

****

“Um estadista não emerge da chama das ruas, forma-se ao longo da vida”

Luiz Eduardo Soares  – http://www.luizeduardosoares.com/?p=1130 

****

O efeito bumerangue da repressão policial – quatro perguntas para Luiz Antonio Machado da Silva

http://www.blogdoims.com.br/ims/o-efeito-bumerangue-da-repressao-policial-%E2%80%93-quatro-perguntas-para-luiz-antonio-machado-da-silva/

*****

Monstro e multidão: a estética das manifestações. Entrevista especial com Barbara Szaniecki

http://www.ihu.unisinos.br/entrevistas/521910-monstro-e-multidao-a-estetica-das-manifestacoes-entrevista-especial-com-barbara-szaniecki#.UeKE_aQtYa4.facebook

****

André Singer: “A energia social
não voltará atrás”

O teórico do lulismo diz que as manifestações de rua abriram um ciclo longo de mobilizações que colocarão o governo e o país diante de escolhas cruciais  – 23.06.2013

http://revistaepoca.globo.com/tempo/noticia/2013/06/andre-singer-energia-social-nao-voltara-atras.html

***

Sociólogo afirma que ausência de líderes é uma das qualidades dos protestos no Brasil e diz que país vai influenciar países vizinhos

Manuel Castells: ‘O povo não vai se cansar de protestar’

http://oglobo.globo.com/pais/manuel-castells-povo-nao-vai-se-cansar-de-protestar-8860333

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/pais/manuel-castells-povo-nao-vai-se-cansar-de-protestar-8860333#ixzz2aqkpztFd

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s