Jovens estudantes projetam suas escolas sem muros

III IMAGENS EMdiálogo
Assista aos vídeos, comente e compartilhe em http://www.emdialogo.uff.br

Há na concepção e prática do EMdiálogo a firme convicção de que os jovens estudantes do ensino médio são sujeitos do processo educativo e que suas vozes precisam ser ouvidas e suas práticas culturais e saberes reconhecidos na construção dos currículos vivos e significativos que queremos para nossas escolas.

Em 2012 realizamos a primeira edição do festival IMAGENS no Portal EMdiálogo (Ensino Médio em diálogo). Nossa intenção inicial foi a de ampliar os canais de participação de estudantes do Ensino Médio Público e o campo de ação do portal para um maior número de jovens, escolas e cidades do Brasil.

A demanda maior era ter os estudantes do ensino médio interagindo no portal, se apropriando de suas ferramentas e propondo novas formas de agir e pensar sobre a escola pública.

Sabíamos que a nossa missão não seria fácil, mas apostamos no audiovisual para nosso diálogo com os estudantes e eles e elas responderam! Em 2012, sob o tema “minha vida de estudante”, o festival exibiu cinquenta vídeos, vindos de 23 cidades e quatro regiões brasileiras, somando dez Estados, 31 escolas e mais de 200 estudantes envolvidos diretamente, além de professores e professoras que colaboraram na mediação das produções. Alguns vídeos ultrapassaram a marca de cinco mil compartilhamentos e a navegação no Portal EMdiálogo quadruplicou durante o evento. Estava feito o contato!

Sabemos que, perto do gigantesco número de escolas que compõem a rede pública nacional de ensino médio, os números do festival podem não parecer expressivos, mas o foco do portal decididamente não está na quantidade e, sim, na qualidade das suas ações. Para nós, o resultado do primeiro ano foi motivo de muita comemoração.

Em 2013, com o tema “A escola, a aula e eu”, fizemos a segunda edição e percebemos que os vínculos estavam vivos; que havíamos de fato estabelecido uma rede de participantes do festival nas escolas do Brasil. Somou-se a isso a grata parceria com o Araribóia Cine, um festival de cinema profissional sediado na cidade de Niterói e promovido pelo curso de produção cultural da UFF, que muito carinhosamente acolheu os estudantes premiados na abertura de suas sessões e nos fez perceber a importância do encontro presencial como complemento da estratégia virtual do IMAGENS.

O recurso de funcionamento online do festival IMAGENS tem nos permitido conhecer a produção audiovisual de muitos estudantes do Ensino Médio público, sobretudo do interior do Brasil (60% das inscrições são de cidades situadas fora das regiões metropolitanas). Entretanto, a dimensão presencial do nosso festival, a partir do Araribóia Cine, passou a fazer parte do processo formativo do IMAGENS, das estratégias de fortalecimento dos vínculos criados, das oportunidades de reflexões e conhecimentos que o festival pode oferecer.

Uma escola sem muros_PiqueteAssim, para este ano, preparamos um IMAGENS EMdiálogo cheio de novidades virtuais e presenciais. O tema “uma escola sem muros” rendeu a inscrição de cento e cinquenta e um vídeos; quase o dobro de inscrições em 2013! Foram 75 cidades e 17 estados das cinco regiões brasileiras.

Na web, o festival envolveu este ano um grupo de estudantes de licenciatura de três universidades federais, integrantes de projetos de iniciação à docência (PIBID), para compor a Comissão Jovem Docente, que vai dar o Prêmio Web de Crítica ao vídeo que obtiver os melhores comentários durante o festival.

Fora da web, preparamos com a ONG BemTV, o I Encontro de Jovens Produtores de Audiovisual: o festival vai receber os premiados na Universidade Federal Fluminense, em Niterói, para um encontro com outros cinco grupos de jovens realizadores para trocarem experiências, assistirem filmes e participarem da cerimônia de entrega dos prêmios. Em parceria com o Canal Saúde/FIOCRUZ, os premiados também serão convidados a produzir nos estúdios do canal um programa sobre o festival que irá ao ar em todo o Brasil.
Um agradecimento especial à Secretaria de Educação Básica do Ministério da EducaçãoSEB/MEC; ao Museu do Ingá; ao Emílio Domingos, pela liberação do documentário “A Batalha do passinho” e participação no debate; à Tabuleiro Filmes, pela liberação do filme “O perfil de Jonas Aquino” (convidado especial do festival); à professora Ana Lucia Enne, pela participação no debate; e à BemTV, sempre parceira e amiga.

O Festival IMAGENS EMdiálogo integra o EMdiálogo: um portal de internet criado pelo Observatório Jovem da Faculdade de Educação da UFF e o Observatório da Juventude da UFMG, hoje organizado em rede de dez universidades federais (UFF, UFMG, UFPA, UFAM, UFSM, UnB, UFPR, UFSCar/Campus Sorocaba, UFG/Campus Catalão, UFRN).

Aos parceiros e amigos do Festival Imagens EMdiálogo, mais uma vez, muito obrigado!

Geraldo Pereira
Coordenação do Festival IMAGENS EMdiálogo

Paulo Carrano
Coordenação do Portal Emdiálogo/UFF

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s